top of page
Buscar
  • Grupo Ecar

Como desenvolver um código de conduta para a sua empresa

Você incentiva que tipo de comportamento na sua empresa? Talvez, você tenha uma noção disso, mas isso não basta; é preciso ter clareza e, mais do que isso, documentar na forma de código de conduta ou regimento interno, enfim, descrever as regras e contextos da sua empresa, trazendo clareza aos colaboradores!


Continue a leitura para entender melhor e, se preferir, oriente-se pelos tópicos listados abaixo:


O que é código de conduta:

Um código de conduta é um documento que reúne diretrizes para o comportamento esperado dos colaboradores de uma organização.


É uma ferramenta de divulgação dos valores, missão e visão da empresa como base para o comportamento esperado. Por isso, pode ajudar a fortalecer a cultura, pois ajuda a esclarecer quais gestos são procurados e quais são rejeitados.


O código de conduta de uma empresa é baseado nos princípios da própria organização – seus valores, missão e visão – e outros três princípios fundamentais que devem ser sempre considerados:


  • Respeitar a lei;

  • Revisados ​​pela parte competente;

  • Comunique-se com clareza.



Como criar o código de conduta em uma empresa

Um código de conduta é uma ferramenta importante e poderosa que precisa ser desenvolvida com cuidado e atenção ao que a empresa pretende alcançar por meio da divulgação do documento.


Primeiro, há quatro pontos básicos a serem considerados ao criar este código:


  1. Ter um objetivo de fácil compreensão;

  2. Ser pensado para o dia a dia da empresa;

  3. Ser um documento acessível;

  4. Ter o respaldo das lideranças.


Um objetivo de fácil compreensão vai ao encontro de algo que já mencionamos antes, a clareza na comunicação.


Como temos indicado, o código de conduta considera muitas questões sérias, como valores, regras e até leis. Assim, o desafio é fazer com que essas questões não levem à criação de um documento complexo e confuso.


Lembre-se também de que o código precisa ser conhecido e internalizado. Portanto, permita que seja facilmente acessado sempre que as pessoas quiserem.


Outra dica é criar uma versão mais dinâmica do documento, seja em uma apresentação leve e envolvente ou em um vídeo, por exemplo.


Por fim, é fundamental que o código de conduta da empresa seja aprovado por suas lideranças. Afinal, essas pessoas devem ser as primeiras a internalizar as regras para que sirvam de exemplo para as demais.


Uma outra sugestão em empresas mais participativas é coletar direcionamentos e sugestões dos próprios colaboradores e incorporar isso dentro do código, mas lembre-se que as empresas e as pessoas funcionam melhor com menos regras e mais contexto, pois quando as pessoas entendem o contexto das coisa além de ser tornarem promotores orientam melhor as pessoas e as regras podem até cair em desuso!


Gostou desse tema? Então continue por aqui e acompanhe nossos artigos diários.


4 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page