Buscar
  • Grupo Ecar

Entenda as principais consequências de sofrer acidentes com carro empresarial

Um acidente com veículo comercial pode ter muitas consequências negativas para o seu negócio, incluindo perdas. Entenda como você pode evita-los!


Quando um veículo comercial se envolve em um acidente, muitas vezes surgem dúvidas sobre as consequências envolvidas no processo, como possíveis danos financeiros e legais. Nesse são direcionadas à própria empresa. Eles vão para o proprietário, não para o motorista, embora na maioria das vezes a causa do acidente venha deles. Por conta disso, uma série de danos podem afetar a empresa, passando a sofrer perdas financeiras em diversas áreas, além de reduzir o desempenho da frota, produtividade, eficiência e agilidade operacional.


Além disso, de acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), os acidentes de trânsito são a principal causa de ineficiências nas frotas e altos custos para as empresas que dependem de veículos próprios. Para você ter uma ideia do quanto um acidente de veículo comercial pode afetar o seu negócio, continue lendo o artigo abaixo.


Principais Consequências de Acidentes com Veículos Comerciais


Agora que você sabe quais são as causas mais comuns de acidentes com veículos comerciais, você precisa entender como isso afeta o seu negócio. Deve-se enfatizar que esses perigos a serem mencionados podem ser evitados. O que você precisa fazer é ter um controle efetivo sobre o movimento da frota, bem como o comportamento dos motoristas. Portanto, nem todos os danos precisam chegar à sua empresa! Veja as 5 principais consequências e considere se alguma delas já faz parte da realidade da sua empresa.


→ Despesas de Manutenção Corretiva


Em primeiro lugar, pode-se dizer que o acidente com veículo comercial resultou em prejuízos financeiros em diversas áreas, mas principalmente em termos de manutenção dos dois veículos envolvidos no acidente. Caso a causa da colisão seja de responsabilidade do seu motorista, o custo da manutenção corretiva (ou seja, reparação do dano) será coberto pela sua empresa

Ao fazer isso, sua economia pode ser comprometida por descuido, falta de atenção ou qualquer um dos outros motivos que já mencionamos. Além disso, esteja ciente de que, se a causa do acidente for culpa do seu motorista, pode haver ação legal envolvida, o que pode resultar em multa. Assim o custo será maior.


→ Diminuição do Desempenho da Frota


Outra consequência dos acidentes com veículos comerciais é que o desempenho da frota começa a cair desproporcionalmente ao seu potencial. Quando ocorre um acidente, leva tempo para fazer os reparos, sem falar nas possíveis complicações de saúde do motorista em questão. Nesse caso, o desempenho da frota é reduzido automaticamente. Além disso, em caso de acidente grave, os motoristas demorarão mais para retornar, o que atrasará as operações do dia a dia e a prestação do serviço/entrega.


→ Perdas financeiras devido a multas e questões legais


Como já mencionamos, a perda financeira também pode afetar sua empresa em questões legais, pois o veículo é de propriedade da empresa, portanto, uma pessoa jurídica está envolvida no processo. Em caso de acidente, sua empresa terá que pagar por coisas como multas, danos e até seguro do veículo. De acordo com as leis de trânsito, se o motorista - no momento do acidente - não for devidamente identificado, todos os danos vão para a empresa, não para o motorista. De fato, é estritamente proibido descontar o salário de um funcionário com base nos custos de manutenção - porque isso não pode ser comprovado. Caso a empresa faça descontos, outro processo manual pode ser iniciado! Como resultado, sua empresa sofrerá mais perdas financeiras.


As perdas também se enquadram no escopo de danos à carga - no caso de uma frota que entrega carga - que pode ser totalmente perdida em caso de acidente. Nesses casos, o custo da perda do produto será arcado pela sua empresa, o que impactará sua economia.


→ Prejudica a imagem da empresa perante os clientes


O dano à imagem e reputação da empresa também é uma consequência bastante desagradável. O fato de que acidentes de carros comerciais podem causar danos à marca, o que, por sua vez, reflete a desconfiança e a perda de fidelidade do cliente em potencial. Se houvesse um processo trabalhista na época, as consequências poderiam ter sido piores, pois sua marca teria sido rotulada de “mancha”. O churn de clientes também se deve a atrasos operacionais, incidentes que comprometem todo o processo de atendimento/entrega e atendimento ao cliente.


→ Perda de controle sobre o comportamento do motorista


Por fim, uma consequência é a perda de controle sobre o comportamento de seus funcionários, que dirigem os veículos da frota. Como a principal causa do acidente é o próprio comportamento do motorista, automaticamente começa a aparecer a perda de controle do motorista. Nesse sentido, sua empresa precisa ter muito cuidado. Se seus funcionários não estão acostumados com as políticas de frota estabelecidas, as operações de campo podem se tornar desorganizadas, ineficientes e podem ser marcadas pela ociosidade. Para evitar que isso aconteça - e já prevenir a causa raiz do acidente - você deve ter regras específicas para seus colaboradores.


O Grupo Ecar te ajuda a evitar esses acidentes através de nossa tecnologia capaz de apoiar a gestão de frotas e minimizar os riscos. Fale conosco e saiba como podemos lhe ajudar.
4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo