Buscar
  • Grupo Ecar

Principais riscos de furtos de carga

O roubo de carga geralmente ocorre quando as precauções não são tomadas.


Infelizmente, acredita-se amplamente que o roubo de produtos ocorre apenas em casos muito isolados. No entanto, o risco de roubo de carga existe em diversas situações, principalmente se não forem tomadas as precauções básicas.


De acordo com a Associação Nacional de Transporte e Logística de Cargas, a incidência de roubo de carga está aumentando ano a ano.


Os números fornecidos pela agência mostram que são cerca de 2 assaltos por hora, principalmente nas grandes cidades.


Ou seja, isso tem se tornado muito frequente, o que exige maior cuidado com os veículos da empresa e suas operações de campo.


Abaixo, mostraremos alguns risco de roubo de carga que sua frota corre.


Seu motorista dirige por áreas perigosas


Um desses perigos ocorre decorrente ao uso indevido do veículo.


Quando os motoristas utilizam os veículos da empresa para fins particulares (durante o horário comercial), existe o risco de roubo, o que pode levar a desvios da rota.


Dentre esses desvios de rota, a rota escolhida pelo motorista (que está abusando) pode ser perigosa, como altos índices de roubo e criminalidade.


Então, no primeiro caso, o que você deve fazer é corrigir esse mau uso da frota, avisar o motorista sobre as regras de trânsito e onde ele pode ir.


Sem planejamento nos procedimentos de carregamento e entrega


Outro sinal do perigo de roubo de carga é a falta de planos de entrega e processos anteriores, como o carregamento de cargas em veículos.


Se você não definir um prazo específico para seus funcionários prepararem o produto e colocá-lo no veículo, ou quando a entrega propriamente dita será realizada, suas operações podem ficar desordenadas.


Além da confusão, um longo período dessas etapas pode ser perigoso para sua empresa, pois isso acontece na estrada e pode ocorrer roubo.


Portanto, é necessário modelar essas atividades e posteriormente validá-las.


Operação não monitorada


Sem monitorar as entregas, sua frota fica vulnerável a roubos de carga.


Lembre-se, se você não tem controle sobre o veículo no local, também não tem controle sobre a entrega ou carga dentro do veículo, que é de sua responsabilidade.


Seus funcionários estão ociosos


Além de desviar rotas, a atitude de abuso do veículo de configuração é a ociosidade do motorista.


Se seus funcionários usarem seus turnos para ficarem ociosos ou causarem atrasos deliberadamente, em vez de se concentrarem no trabalho, isso pode indicar um alto risco de roubo de carga.


Motoristas estacionados em locais aleatórios podem levar ao roubo de mercadorias, principalmente se a área for perigosa.


Nesse caso, investir em um sistema de rastreamento de veículos (mostrando paradas e todos os deslocamentos) é uma boa ideia.


Com ele, você pode eliminar a ociosidade e evitar esse risco.


Você não usa roteirizador


Finalmente, um sinal do risco de roubo é que você não usa roteirizador.


Em conjunto, as ferramentas de roteirização são projetadas para direcionar as entregas para a melhor rota, visando velocidade e eficiência das operações.


Corrigindo esses erros você perceberá que além de mais segura (sem risco de roubo), suas operações de entrega serão mais lucrativas.


Quer saber mais sobre rastreamento e rota de entregas? Fale conosco agora mesmo e evite que sua frota esteja vulnerável a roubos.

3 visualizações0 comentário