top of page
Buscar
  • Grupo Ecar

Saiba como o IPCA influencia nos valores dos planos de saúde.

A economia brasileira depende de muitos fatores e é acompanhada de perto diariamente. Existem vários aspectos de diferentes mercados que afetam diretamente o dia a dia do cidadão comum, como o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) incluindo planos de saúde.


Sim, assim como o reajuste dos planos individuais e familiares dependem do momento econômico, o movimento contrário também acontece, mas há motivos para isso.


Continue lendo para saber mais sobre o impacto dos planos de saúde no IPCA!


O que é o IPCA?


Antes de ver como os programas de saúde afetam o IPCA, é preciso aprofundar o índice.


O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo é o principal índice de inflação do país. É retrospectivo, ou seja, o IPCA divulgado em julho refere-se à inflação de junho.


O IPCA é calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em diversas regiões metropolitanas do Brasil. Embora não seja calculado em detalhes nacionalmente, ele se aplica a todas as regiões e cidades.


Seu principal objetivo é medir as mudanças no preço de uma cesta de produtos ou serviços consumidos por uma população. No entanto, o IPCA não considera apenas a variação de preço, e sim como o custo desses produtos e serviços pesam no bolso do consumidor em relação ao orçamento. Atualmente, o IPCA reflete diretamente o custo de vida de famílias com renda entre 1 e 40 salários mínimos.


É importante lembrar que IPCA e INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) não são o mesmo indicador. Enquanto o IPCA é medido como a relação gasto x orçamento das famílias com renda de 1 a 40 salários mínimos, o INPC representa apenas a variação do custo médio de vida das famílias com renda de 1 a 5 salários mínimos, o que é mais afetado pela inflação.


Também é bom diferenciar o IPCA do IPCA-15. O IPCA é o resultado direto entre o primeiro e o último dia de um mês, enquanto o IPCA-15 coleta dados entre o dia 16 de um mês e o dia 15 de outro mês (por exemplo, de 16 de março a 15 de abril).


Por que o plano de saúde impacta no IPCA?


Conforme citado anteriormente, o IPCA mede a variação de preço de vários produtos e serviços consumidos pelas famílias e, entre esses serviços, está o plano de saúde.


Em 2022, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) anuncia o realinhamento dos planos de saúde individual ou familiar de até 15,50%, com vigência entre maio de 2022 e abril de 2023. Desde que foi anunciado, este tem sido um contrato de padrão quase mensal para 2022 desde o anúncio que os convênios médicos tiveram um aumento no IPCA.


É inegável o impacto que os planos de saúde têm nas finanças das famílias e das empresas. Esse é um dos motivos pelos quais o plano de saúde corporativo é tão valorizado pelos colaboradores, mesmo aqueles com coparticipação não representarão o mesmo custo dos planos individuais e familiares se contratados diretamente pelas pessoas.



3 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page