top of page
Buscar
  • Grupo Ecar

Saiba tudo sobre a CNH Social e saiba como tirar a sua!

Tirar a CNH é um processo que incorre em taxas substanciais. Para diminuir ou até acabar com essas despesas, a CNH social é uma boa saída. Essa vantagem oferece comodidade para pessoas de baixa renda para obter uma carteira de motorista.


Preparamos este conteúdo com informações sobre o que é a CNH Social, como funciona e o passo a passo para se inscrever nos benefícios.

O que é a CNH social?

A CNH Social é um programa de política pública que incentiva pessoas de baixa renda a obter a carteira de habilitação. Com ele, os futuros motoristas podem entrar na Classe B com mais facilidade.


É preciso estar cadastrado e seguir as regras estabelecidas para receber desconto ou isenção no valor da carteira de habilitação. No entanto, observe que esse benefício está disponível apenas em alguns estados do Brasil.

Como a CNH social funciona?

Assim como no modelo tradicional, a pessoa que tentar tirar a habilitação dessa forma deve passar por todos os procedimentos previstos no CTB (Código Brasileiro de Trânsito). Sendo assim, é preciso se atentar às etapas:


  • exames médicos e psicotécnicos: têm como objetivo avaliar as condições físicas e mentais do futuro motorista;

  • aulas e exames teóricos: o curso é dividido em 45 horas/aulas e aborda temas como primeiros socorros, legislação de trânsito, direção defensiva e mecânica básica. No final, há uma prova para comprovar os conhecimentos;

  • aulas e exames práticos: essa parte é a preparação para a realização da prova final. Ao todo, são 25 aulas, sendo que pelo menos 5 precisam ser noturnas. Nelas, o instrutor ensina o futuro condutor a dirigir de forma segura nas vias.


Quem tem direito à CNH social?


Como a CNH social é gratuita, existem alguns requisitos para ter acesso ao programa. Apesar das regras mudarem de um estado para outro, existem algumas fixas:


  • ser estudante de rede pública;

  • saber ler e escrever;

  • ter mais de 18 anos de idade;

  • estar desempregado há mais de um ano;

  • ser ex-presidiário que recebe até dois salários mínimos por mês;

  • não ter nenhum tipo de registro da carteira.


Além disso, em algumas regiões do país, o órgão responsável pelo cadastro pode pedir a confirmação em programas sociais, como Bolsa Família, CadÚnico, entre outros.


Passo a passo para fazer o cadastro da CNH social


Se você se encaixa em algum dos requisitos que citamos acima, saiba que o primeiro passo para ter a CNH social é a inscrição. Por isso, separamos duas formas de você fazer a solicitação do benefício.


Antes disso, é preciso ter em mãos alguns documentos necessários para comprovar que você está apto a participar do programa. Os principais são:


  • documento de identificação (CPF, RG ou Certidão de Nascimento);

  • comprovante de renda (Carteira de Trabalho da pessoa que irá se inscrever e das pessoas que moram com ela);

  • comprovante de residência (conta de luz ou água dos últimos três meses);

  • histórico escolar (caso seja estudante).


CNH social pelo Detran


Uma das alternativas para se cadastrar na CNH social é pelo site do Detran. Para isso, basta seguir o passo a passo a seguir:


  1. entre no site do órgão do seu estado;

  2. procure pela categoria “CNH social”, “CNH gratuita” ou “CNH popular”;

  3. cadastre todas as informações solicitadas;

  4. aguarda a análise do pedido.


Outra forma é comparecendo presencialmente ao órgão. Por lá, é possível fazer o cadastro de forma simples. No entanto, pesquise o período de inscrições no seu estado, pois ele pode variar de uma região para outra.


Gostou desse tema? Então continue por aqui e acompanhe nossos artigos diários.

0 visualização0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page