top of page
Buscar
  • Grupo Ecar

Saiba tudo sobre os valores das multas de trânsito

Como você provavelmente já sabe, o preço das multas varia de acordo com o nível de perigo que elas apresentam. Dessa forma, as infrações são divididas em quatro categorias: leves, médias, graves e gravíssimas.


No caso de infrações gravíssimas, pode haver um fator multiplicador, e explicaremos abaixo como é definido o valor de multa de trânsito. Portanto, quanto maior a gravidade, maior o valor da multa.


Como as infrações de transito são definidas


De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), as infrações são classificadas como leves, moderadas, graves e gravíssimas. Dessa forma, o preço da multa é definido de acordo com sua natureza e a quantidade de pontos que serão somados à licença do infrator.


Ao entender o valor de uma multa de trânsito, você pode evitar surpresas e também pode se programar para o pagamento. Confira abaixo o preço de cada multa:


→ Multa menor – 88,38 reais;

→ Valor médio da multa – R$ 130,16;

→ Pena pesada – 195,23 reais;

→ Multa gravíssima – 293,47 reais.


Infrações Leves


As multas consideradas leves são consideradas mais brandas por apresentarem menor risco ao trânsito e, consequentemente, serem mais baratas e com menor pontuação na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Portanto, quando uma infração menor for cometida, o motorista somará 3 pontos à CNH.

Veja alguns exemplos de violações menores:


→ Estacionar o veículo no acostamento;

→ Estacionar na faixa de pedestres;

→ Buzinar de forma inadequada;

→ Dirigir com veículo sem os documentos exigidos.


Infrações Médias


As multas médias são consideradas mais graves do que as infrações leves, como o nome sugere, representam um grau moderado de perigo para o trânsito. Portanto, quando a infração for apurada, o motorista somará 4 pontos à CNH.

Aqui estão alguns exemplos de violações médias:


→ Ficar sem combustível nas vias públicas;

→ Estacionar o veículo na área de cruzamento;

→ Jogar objetos ou líquidos na estrada;

→ Usar o carro para jogar água ou outro resíduo em pedestres ou outros veículos.


Infrações Graves


Uma multa considerada grave é muito perigosa. Por isso, geram mais pontos para a CNH e também possuem maior valor. Portanto, quando ocorrer uma infração grave, o motorista terá 5 pontos adicionados à licença.

Aqui estão alguns exemplos de violações graves:


→ Dirigir um veículo sem cinto de segurança;

→ Fugir sem prestar socorro à vítima de acidente de trânsito;

→ Estacionar o seu carro a mais de um metro do meio-fio;

→ Estacionar seu veículo em uma ponte, túnel ou viaduto.


Infrações Gravíssimas


As infrações consideradas gravíssimas são aquelas que representam maior risco para o motorista ou terceiros. Como resultado, a multa pode ser aumentada de 2 vezes para 60 vezes. Além disso, os motoristas podem ter suas licenças cassadas.


De acordo com o artigo 258 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a multa gravíssima é de R$ 293,47, com um acréscimo de 7 pontos sobre a CNH. No entanto, se for aplicado um multiplicador, o preço pode variar.


O fator multiplicador, como o nome sugere, é multiplicado pelo valor de algumas infrações gravíssimas. Dessa forma, a multa de R$ 293,47 pode ser aumentada de 2x para 60x.


No entanto, o produto aplica-se apenas ao valor da multa, não ao valor do pontos da carteira de motorista. Ou seja, ao cometer uma infração gravíssima, o motorista não pode pontuar mais de 7 pontos na CNH.


Um dos exemplos mais comuns de aplicativos multiplicadores é a multa sem licença. Nesse caso, o motorista flagrado dirigindo sem habilitação terá que pagar R$ 293,47 multiplicado por 3, totalizando R$ 880,41.


Confira outros exemplos de violações gravíssimas:


→ Dirigir bêbado;

→ Fazer ultrapassagens irregulares;

→ Dirigir um veículo sem carteira de motorista;

→ Transportar crianças de forma irregular;

→ Estacionar em um lugar de estacionamento reservado para idosos ou deficientes.


Tem problemas com multas e não sabe por onde começar a resolve-los? O Grupo Ecar resolve para você! Fale conosco agora mesmo.
6 visualizações0 comentário
Post: Blog2_Post
bottom of page