Buscar
  • Grupo Ecar

Verticalização dos planos de saúde. Saiba o que é

Você tem ou conhece algum plano de saúde que ofereça serviços de imagem ou que tenha clínica, laboratório ou hospital além do plano?


Isso está se tornando cada vez mais comum no Brasil, onde empresas que oferecem apenas um serviço se tornaram verdadeiros complexos integrados de saúde na chamada verticalização de planos de saúde ou verticais de saúde.


Se interessou por este tema? Então, aproveite a leitura!


O que é a verticalização da saúde?


A verticalização dos planos de saúde ocorre quando as operadoras investem em estruturas próprias de atendimento integrado, como as que também oferecem unidades de emergência.


No entanto, existem várias formas de investir neste modelo de negócio. Outro tipo de verticalização que destacamos são os hospitais que passam a oferecer seus próprios planos de saúde. Especialistas da área apontam que isso é feito para manter o serviço sob o controle da mesma empresa.


Para esclarecer o entendimento do termo "verticalização", imagine um edifício onde cada andar é uma área de serviço específica fornecida por uma organização.


Há serviços médicos no primeiro andar, um laboratório de diagnóstico médico no segundo, uma operadora de plano de saúde no terceiro e um hospital no quarto. Juntos, esses serviços constituem a integração vertical das operações dentro de uma mesma empresa.


No entanto, neste processo, muitas vezes ocorrem fusões e aquisições, para que a estrutura do modelo seja melhor, e a marca, investimento ou outros tipos de capital de partes relacionadas possam ser combinados para melhor desenvolvimento.


Por que as empresas devem investir na verticalização?


Nos últimos anos, o objetivo de empresas de diferentes áreas tem sido otimizar e facilitar o acesso dos clientes aos seus produtos e serviços. Com o início da pandemia, essa necessidade tornou-se mais evidente, sendo bastante percebida pelas empresas da área da saúde.


Organizações de todo o país estão investindo em negociações envolvendo fusões e aquisições para agilizar processos e alcançar novos mercados, e a verticalização é uma das armas mais necessárias no contexto atual.


Com isso, a abrangência do mercado tende não apenas a beneficiar as margens de lucro de uma empresa - incluindo mais investimento de investidores -, mas também a fornecer um modelo de serviços de saúde mais próximo dos usuários e mais acessível.


O que muda para os beneficiários do plano?


Diante dos pontos positivos e negativos acima, podemos dizer que as empresas que se beneficiam de programas de bem-estar e investem na verticalização podem oferecer melhores condições para os contratos dos beneficiários.


Isso é possível porque, como vimos, esse modelo de negócios reduz as barreiras à prestação de serviços.


Isso significa que as empresas verticais só podem oferecer cobertura quando os serviços são realizados dentro de seus complexos. Caso contrário, a cobertura do plano não será abrangente ou aceita em outros locais, e os usuários terão que incorrer em custos externos.


No entanto, isso depende das políticas internas e do tipo de plano que o cliente escolher, incluindo os planos de saúde da empresa. Por isso, é sempre importante escolher uma empresa que atenda às suas necessidades.


Quer se aprofundar mais no universo de planos de saúde, e entender qual melhor opção para a sua empresa? Entre em contato com a EcarPay.

7 visualizações0 comentário