top of page
Buscar
  • Grupo Ecar

Roubos de cargas continuam crescendo no Brasil, saiba como proteger a sua frota!

O roubo de carga, um dos piores pesadelos de motoristas e donos de transportadoras, continua crescendo no Brasil. Segundo dados da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC & Logística), houve 14,4 mil ocorrências no Brasil em 2021. Como resultado, esse tipo de crime causou prejuízo de R$ 1,27 bilhão.


Conforme o levantamento, o aumento das ocorrências no litoral sul de São Paulo chama a atenção. No fim do ano passado, três veículos tiveram a carga saqueada em apenas dois dias. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP), contudo, o número de ocorrências vem crescendo em todo o Estado. De janeiro a setembro de 2022, por exemplo, foram registradas 4.725 ocorrências.


Com o aumento do roubo de cargas, os gestores devem ficar atentos a algumas táticas que podem proteger a suas frotas.


Segue algumas dicas para evitar o roubo de carga:


  • Esteja atento ao seu ambiente.

  • Evite estacionar em áreas isoladas, especialmente à noite e de madrugada.

  • Estacione seu veículo em áreas bem iluminadas, visíveis a outras pessoas e com câmeras de segurança instaladas nas proximidades.

  • Não deixe objetos de valor ou chaves no carro quando estacioná-lo fora de sua casa ou edifício de escritórios, mesmo que planeje voltar dentro de minutos. Leve-as sempre com você!

  • Não deixe janelas abertas enquanto estiver estacionado; elas podem permitir aos ladrões fácil acesso às cabines de seu carro e caminhão através de vidros quebrados (ou mesmo portas abertas).


Os tipos mais comuns de roubo de carga no Brasil são:


  • Sequestro de caminhão, que é quando um criminoso leva o caminhão e seu conteúdo para longe do proprietário. Isto pode ser feito roubando o veículo inteiro ou roubando apenas sua carga.

  • Roubo de carga, onde um indivíduo rouba a mercadoria de um caminhão estacionado.


O roubo de carga ainda está crescendo no Brasil, e cabe a você proteger sua frota.


  • Use sistemas de segurança eletrônica. Os rastreadores, por exemplo, permitem que o transportador siga a rota do caminhão à distância e detecte possíveis irregularidades como excesso de velocidade ou paradas bruscas na estrada. Isto lhes permite reagir rapidamente e evitar perdas causadas por roubo de carga.

  • Os motoristas de trem sobre como lidar com situações envolvendo pessoas ou veículos suspeitos em paradas de descanso ao longo de sua rota (como postos de gasolina).


Esperamos que este artigo o tenha ajudado a compreender os diferentes tipos de roubo de carga no Brasil. O roubo é um problema sério, mas não tem que ser! Com as devidas precauções, você pode proteger sua frota de ser alvo de ladrões e manter seu negócio funcionando sem problemas




9 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page